Carregando...
 

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Marika Eto Fuzisaki - Os benefícios através da prática de Tai Chi Chuan

Querido leitor, gostaria de compartilhar o depoimento da minha aluna Marika Eto Fuzisaki, que  pratica o Tai Chi Chuan (TCC) há aproximadamente 3 anos e tem colhido bons frutos através da prática do TCC frequentando as aulas três vezes por semana.

Eu incentivo meus alunos a escrever um depoimento, caso os mesmos vivenciem uma experiência que tenha relação com o TCC. Com certeza as pessoas que não conhecem o TCC ou que ainda estão no início de suas práticas, podem identificar-se com os depoimentos servindo de incentivo, afinal são histórias verídicas contadas por pessoas como você.


Depoimento:
"Outro dia eu estava esperando o farol abrir para poder atravessar a avenida, nisso eu tropecei na guia e perdi o equilíbrio, e quase caí. Não tinha onde me apoiar. Não sei como, mas consegui recuperar o equilíbrio e não caí! As pessoas que estavam no ponto de ônibus viram e se espantaram. Isso foi no dia 18 de agosto, quando eu estava indo para a aula de tai chi. Eu mesma fiquei surpresa! Isso graças ao tai chi que eu pratico." - Marika Eto Fuzisaki.

Seria um fato corriqueiro e sem importância, porém devemos levar em conta que a Marika possui 77 anos. Todos sabemos que o índice de queda na terceira idade é alto, somando ao fato da incidência da osteoporose os agravantes de uma simples queda podem comprometer o estado de saúde.

No mês de julho a Thereza também havia relatado sobre a mesma experiência, o título do artigo foi "Reencontrando o equilíbrio". Volto a insistir que o TCC não promove milagres, ou seja, um praticante de tai chi que esteja na terceira idade pode cair porém a probabilidade é bem menor comparado a um sedentário.

Recentemente precisei elaborar um relatório onde era necessário o relato dos alunos sobre os benefícios adquiridos através da prática do TCC. Futuramente irei publicar os relatos dos outros alunos. O relato da Marika é interessante, pois ela tinha dores na coluna e muita dor de cabeça. Era necessário fazer vinte seções de fisioterapia duas vezes por ano e fazer uso de remédios para o alívio das dores. Chegou a fazer tratamento com um neurologista por um mês e mesmo assim não foi possível encontrar a causa das dores de cabeça. Foi necessário fazer uso de remédio tarja preta. Hoje, ela não sente nenhum desses incômodos.

Pode parecer uma propaganda enganosa como essas que vemos na televisão, onde as pessoas prometem resultados milagrosos. Devo enfatizar que o principal mérito é da própria Marika, que é uma aluna assídua, comprometida, dedicada e receptiva aos ensinamentos. É muito importante que o aluno realmente entenda a filosofia e os ensinamentos, e não apenas se concentre na execução dos movimentos. Quando isso acontece, os resultados são surpreendentes.

A foto ao lado foi tirada no XI Seminário Internacional de Tai Chi Chuan. Eu trabalhei a imagem destacando a Marika bem como o banner do seminário. Eu admiro a sua dedicação e participação, pois sempre está presente em todos os eventos que eu indico. Fazendo uma analogia à foto, a vida da Marika se transformou e hoje é mais "colorida". As dores de cabeça e na coluna já não existem mais. Com certeza, uma vida sem dores crônicas é mais alegre e colorida.

Desejo que a Marika continue colhendo bons frutos que são méritos por tamanha dedicação e comprometimento. Que o seu depoimento possa ter inspirado muitas pessoas a também ter uma vida mais "colorida".

10 comentários:

  1. Querido amigo Edgard.. Uma vida qual tem muito a ensinar e nesta idade emociona. Deveras prazeroso poder ter esse contato com seu pupilo e passar esta energia qual transcende de seus ensinamentos. Anjo não penso que seja um fato corriqueiro ao contrário, tudo que marca fica registrado. Agradeço-te por compartilhar esse momento que deve ter um caráter de muito carinho entre mestre e aluno.
    Com carinho Abraços e beijos ternos. Kaoma

    ResponderExcluir
  2. Kaoma querida, fico feliz que tenha gostado. Eu acho importante compartilhar relatos verídicos dos meus alunos. É uma forma de despertar o interesse bem como a identificação com o relato. Sabe os mais jovens tem muitos pré-conceitos em relação ao tai chi. Eu mesmo achava que era "coisa de velho", que eu não teria paciência para praticar entre outros equívocos.
    Neste artigo, eu procurei chamar a atenção também de pessoas mais jovens que por ventura leiam este artigo, para essas pessoas cair pode parecer um fato corriqueiro e sem importância. Porém, para o idoso chega a ser perigoso uma vez que a recuperação física é demorada chegando a interferir no psicológico também. Como você disse marca e fica registrado!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde meu querido amigo Edgard!!
    Acabei de chegar do meu passeio de sábado e fiquei tão alegre ao me deparar com esta notícia maravilhosa!! Sua aluna Marika está linda, elástica,flexível e atlética e pasmem, com 77 anos! é inacreditável!!!Graças às suas preciosas aulas de Tai Chi Chuan!! Confesso que senti uma " invejinha boa" dela pois me sinto muito próxima desta arte milenar, mas infelizmente não a pratico porque não conheço ninguém que possa ensinar! E estou tão longe de você que seria impossível... Sabe amigo, eu me preocupo demais com meus pais e adoraria que eles praticassem também!! Iríamos os três juntos pois quero que eles se livrem de remédios para a coluna e dos demais que lhes aliviem as dores! E pelo relato da Senhora Marika, gradativamente sua condição física foi melhorando à medida que sua dedicação aumentava nas aulas! Que linda que ela ficou na foto, toda colorida e vc também Edgard! Está em super forma hem? Deixo um abraço caloroso para vc meu amigo que só faz o bem e eu adoro!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Adriana querida, eu mesmo fiquei surpreso com o relato da Marika. O significado de Tai Chi Chuan "interpretado" significa "A Excelência", "O Supremo", ou seja, devemos sempre dar o nosso melhor em tudo. Sempre procurei ensinar e transmitir os ensinamentos e a filosofia do tai chi, sem esperar nada em troca. Porém, sempre tive a consciência de que o tai chi melhora a saúde das pessoas e quando bem praticado os resultados são realmente surpreendentes. Fico muito feliz com os relatos que tenho recebido.
    Realmente é uma pena morarmos tão longe, seria um prazer ensiná-los esta arte milenar!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Edgard, onde voce está?! Sinto saudades!

    Acho que uma vez falei com voce sobre o equilibrio. É importantíssimo, para resguardar o corpo de machucados sérios, saber se proteger, tendo reflexo rápido e movimentações precisas.

    Eu sei, seria perfeito para mim fazer aulas, como gostaria, mas como sempre, acredito que um dia alcancerei minhas metas. E será perfeito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sissy querida, você tem razão. A minha aluna Thereza havia participado anteriormente com um relato sobre reencontrar o equilíbrio. Alguns dias depois a Marika também vivenciou uma experiência que teve um final feliz! Eu me sinto realizado em poder acompanhar o desenvolvimento dos meus alunos e os benefícios adquiridos.
    Querida, se eu morasse perto de você, nós treinaríamos tai chi com certeza! rsrsrsrsrs
    Mas no momento certo o tai chi entra na sua vida, ou outra arte similar.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Querido Edgard!
    Vim matar saudades. Acho que já tinha lido (e gostado de saber)a respeito desta experiência da Marika. Sei como o Tai Chi é importante e, sei também que preciso me organizar.Contudo,enquanto não volto ao Tai Chi, pelo menos faço meditação de vez em quando e leio I ching quando possível. Abraço com carinho, Vera.

    ResponderExcluir
  8. Vera querida, tenho certeza de que logo você estará de volta às praticas do tai chi. Meditação e a leitura do I ching são excelentes!!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Olá Edgard, belo depoimento, eu particularmente não conheço muito bem sobre o Tai chi, mais me interessei bastante para a minha mãe, que já tem mais de 50 e sofre o mesmo que a Marika (dores de cabeça e nas costas), e acredito sim nesta prática, pois conheço pessoas que a praticam e dizem que operam milagre, lógico que também exige muita dedicação e disciplina como tudo que nos faz bem, parabéns. Bjs e flores. Deka

    ResponderExcluir
  10. Deka, eu que tenho 33 anos e sinto muitos benefícios, os meus alunos que tem idade acima de 60 anos, relatam melhoras significativas. Leve a sua mãe para fazer uma aula experimental em alguma academia, quem sabe ela gosta.
    Bjs.

    ResponderExcluir